Casa da Dança apresenta missão e programação
Dança
A Casa da Dança, em Almada, é um novo projeto inteiramente dedicado à dança. Está instalada, provisoriamente, na Casa Municipal da Juventude - Ponto de Encontro, em Cacilhas.
Esta segunda-feira, 9 de setembro, foram conhecidos os objetivos, o conceito e a programação para 2019 da Casa da Dança (CdD), em Almada.
 
Trata-se de um novo projeto nacional e internacional inteiramente dedicado à dança.
 
Em conferência de imprensa, realizada na Casa Municipal da Juventude – Ponto de Encontro, em Cacilhas, onde está instalada, provisoriamente, a CdD, a presidente da Câmara Municipal de Almada (CMA), Inês de Medeiros, afirmou que «esta é uma parceria em que acreditámos, desde a primeira hora, e que começa já a dar frutos».
 
A autarca almadense classificou a CdD como «um projeto inédito em Portugal», que será feito «por etapas que estão muito bem definidas», mas que tem como principal objetivo «a internacionalização da dança».
 
Na mesma ocasião, o coreógrafo e diretor artístico da CdD, Paulo Ribeiro, disse que também «acredita neste sonho» e de como pode ser «um farol» para a dança portuguesa e artistas envolvidos.
 
Sobre a programação de 2019, Paulo Ribeiro não esconde que «apresenta uma linguagem de autor muito forte», com «peças muito diferentes» e que, ele próprio, está com «uma enorme vontade de as descobrir».
 
Entre os vários artistas presentes, Clara Andermatt afirmou que «estar associada à Casa da Dança é um sentimento muito forte».
 
Além da programação da Casa da Dança, esta dá também início à cedência de espaço para ensaios e residências, acolhendo duas artistas com uma relação muito forte com Almada.
 
Filipa Francisco disse que «é um privilégio ensaiar aqui neste espaço incrível», enquanto Ana Jezabel confessou que «é um espaço muito inspirador em todos os sentidos».
 
Financiada pela CMA, a Casa da Dança conta, desde já, com as parcerias da Quinzena de Dança de Almada/Companhia de dança de Almada, Companhia de Teatro de Almada e Companhia Paulo Ribeiro.
 
Programação 2019
 
- Teatro Municipal Joaquim Benite
 
14 setembro, 21h30 – Sala Principal
Clara Andermatt & João Lucas - Parece que o Mundo
 
22 setembro, 18h - Sala Experimental
Jonas & Lander - Adorabilis
em parceria com a 27.ª Quinzena de Dança de Almada
 
26 setembro, 21h30 – Sala Principal
Polish Dance Theatre - The Harvest
em parceria com a 27.ª Quinzena de Dança de Almada
 
- Fórum Municipal Romeu Correia
 
26 outubro, 21h30 - Auditório Municipal Fernando Lopes-Graça
Companhia Paulo RibeiroMemórias de Pedra. Tempo Caído
 
26 outubro a 30 novembro, terça a sábado 10h - 18h - átrio 
BOX 2.0 - Instalação Holográfica
de António Cabrita e São Castro/Companhia Paulo Ribeiro
com Clara Andermatt, Olga Roriz, Paulo Ribeiro e Rui Horta
 
- Casa Municipal da Juventude - Ponto de Encontro
 
Residências artísticas
 
Ana Jezabel
Filipa Francisco
 
09/09/2019