Festival de Almada 2019
Teatro
No dia 14 de junho, às 21h, foi apresentado, na Casa da Cerca – Centro de Arte Contemporânea, o programa do 36.º Festival de Almada que, de 4 a 18 de julho, transforma o concelho na capital nacional do teatro.
Na mesma ocasião foi inaugurada, também na Casa da Cerca, a exposição «Zoo» de Luís Lázaro Matos, autor do cartaz do 36.º Festival de Almada. A sessão de lançamento contou ainda com a atuação do quinteto Quimproviso.
 
«O Festival de Almada não tem fronteiras. É a festa do teatro. De Almada para o mundo», como afirma Inês de Medeiros, presidente da Câmara Municipal de Almada que, juntamente com a Companhia de Teatro de Almada organiza mais uma edição do Festival de Almada.
 
Com uma programação marcada pela diversidade estética e disciplinar, a 36.ª edição do Festival de Almada integra espetáculos oriundos da Alemanha, Argentina, Bélgica, Congo, Espanha, França, Itália, Noruega e Portugal.
 
Durante 15 dias, serão apresentados 38 espetáculos de teatro, dança e música em 14 espaços (11 em Almada, 3 em Lisboa e 1 em Cascais).
 
Centenário de Primo Levi
 
A Companhia de Teatro de Almada estreia «Se isto é um homem», uma adaptação de um dos mais comoventes testemunhos de um sobrevivente do Holocausto: Primo Levi. Este monólogo, protagonizado por Cláudio da Silva e encenado por Rogério de Carvalho, integra o Ciclo Primo Levi, que assinala o centenário do nascimento do autor (1919-1987).
 
Os espetáculos da 36.ª edição do Festival de Almada refletem realidades e preocupações atuais como a desestruturação social, a desigualdade, a emigração, o exílio, as questões de género, a indiferença, o medo e a ascensão dos regimes políticos autoritários.
 
Homenagem a Carlos Avilez
 
O encenador e ator Carlos Avilez é a personalidade homenageada em 2019 pelo Festival de Almada. Fundador do Teatro Experimental de Cascais e da Escola Profissional de Teatro de Cascais, ex-diretor do Teatro Nacional D. Maria II, começou a sua carreira como ator na Companhia de Rey Colaço-Robles Monteiro, dirigido por Francisco Ribeiro (o Ribeirinho).
 
Noite das Crianças e espetáculos de rua
 
A Noite das Crianças é uma das novidades. Um convite aos espectadores para que tragam os seus filhos e netos ao Festival de Almada, e se divirtam com eles, no espetáculo musical interativo de Nuno Cintrão «Porque voa o tempo?», dia 9 de julho, na esplanada da Escola D. António da Costa, em Almada.
 
Haverá ainda teatro de rua, exposições, debates. A Praça São João Baptista, em Almada, será animada com dois espetáculos de rua: «La Partida» (5 de julho) e «Fahrenheit Ara Pacis» (12 de julho), ambos com entrada livre.
 
O preço das assinaturas, para todos os espetáculos do Festival de Almada, é 75 euros para o público em geral e 60 euros para os membros do Clube de Amigos do Teatro Municipal Joaquim Benite.
 
Mais informações
Tel.: 212 739 360
 
 
14/06/2019